Guias Canvas (pt-br)Atualizações Recentes

Atualizações Recentes

  • Administradores ou instrutores podem começar um novo curso no Canvas. Novos cursos são criados como repositório de curso para hospedar cursos para sua instituição. Algumas instituições têm essa opção desabilitada e, ao invés disso, fornecem repositórios de curso para o corpo docente automaticamente via importações SIS (Student Information System - Sistema de Informação Estudantil).

    Nota: Se você não consegue iniciar um curso conforme estas instruções, sua instituição desabilitou essa funcionalidade. Contate seu Administrador para assistência.

  • Se você tem permissão para criar cursos do Canvas, você pode copiar um curso e criar um novo curso vazio. Novos cursos criados através da interface do Canvas são colocados na subconta cursos criada manualmente.

    Copiar conteúdo a partir de outro curso do Canvas quando você deseja usar ou reutilizar conteúdo criado anteriormente incluindo configurações de curso, syllabus, tarefas, módulos, arquivos, páginas, discussões, questionários e bancos de questões. Você também pode copiar ou ajustar eventos e datas de entrega. Nem todo conteúdo pode ser copiado como parte de um curso. Aprenda sobre importação de conteúdo.

    Nota:

    • Configurações em Estado de Rascunho (Draft State) são retidas em cópias de cursos. Se uma tarefa não foi publicada no curso, a tarefa também não será publicada na cópia do curso.
    • Importar um curso mais de uma vez pode ter consequências inesperadas. Se você importar o conteúdo para um novo curso, editar o conteúdo do novo curso e depois importar o mesmo conteúdo novamente, o conteúdo importado irá substituir o conteúdo existente.
    • Ao copiar manualmente um curso, o usuário que copia o curso será automaticamente adicionado para o curso com um papel de instrutor.
    • Se o botão Copiar este Curso (Copy this Course) não aparece nas configurações do curso, esse recurso foi restringido pela sua instituição. No entanto, se você já tem acesso a um curso vazio, você pode copiar um curso através da Ferramenta de Importação de Curso.
  • Atualizado em: Dec 21, 2017

    Como usar Conversas como instrutor?

    Conversations is split into two panels and displays messages chronologically. You can view and reply to conversations and sort them by course or inbox type. Conversations itself does not have any file size limits; however, attachments added to a conversation are included in the sender's personal files.

    Notes:

    • If you right-click or option-click on the Inbox link, you can open your Conversation Inbox in a new browser tab to keep it handy while you are doing other tasks in Canvas.
    • Users display in Conversations once they have an active enrollment in the course, and users cannot join a course unless it is published.
  • Você pode usar Conversações para enviar uma mensagem para todos os usuários de um curso, todos os usuários de um papel específico ou todos os usuários de um grupo.

    Se sua lista de destinatários contém mais de 100 usuários, sua mensagem será automaticamente enviada como mensagem individual para cada usuário.

    Notas:

    • Enviar mensagem para todos os usuários é uma permissão do curso. Se você não consegue mandar uma mensagem para todos os usuários, sua instituição restringiu esta funcionalidade.
    • Uma vez que o curso for concluído, você não pode enviar mensagem para todos os usuários.
    • Os usuários aparecem em Conversações depois de terem uma inscrição ativa no curso, e os usuários não podem participar de um curso a menos que ele seja publicado.
  • Como parte de uma tarefa de Turnitin, você deve especificar as configurações que são permitidas para envios do estudante. Configurações do TurnItIn devem ser criadas ou confirmadas antes que os alunos possam visualizar a tarefa.

    O LTI atualmente inclui algumas limitações nas configurações do Turnitin:

    • Por padrão, o Turnitin sempre permite que os alunos submetam sua tarefa como uma entrada de texto ou carregando arquivos que podem gerar Relatórios de Originalidade: Texto (.txt), Microsoft Word (.doc/.docx), Microsoft PowerPoint (.ppt/.pptx/.pps)/.ppsx), Microsoft Excel (.xls/.xlsx), PostScript (.ps/.eps), Formato de Documento Portátil (.pdf), Formato Rich Text (.rtf), HyperText Markup Language (.html), WordPerfect .wpd), Hangul (.hwp) e Open Office Text (.odt). Eles também podem fazer o upload de uma tarefa do Google Drive ou do Dropbox. Nas configurações do Turnitin, você também pode permitir que os alunos enviem qualquer arquivo com menos de 40 MB, com um mínimo de 20 palavras e menos de 400 páginas.
    • Tarefas honram as configurações de reenvio do Turnitin; elas não permitem reenvio automaticamente como regularmente fazem as tarefas do Canvas.  

    Nota: O Turnitin LTI é responsivo ao tamanho da janela do seu navegador. Sua visão do Turnitin LTI pode variar em relação às imagens mostradas nesta lição.

  • Uma vez que você tenha adicionado tarefas para seu grupo de tarefa (assignment group), você pode criar regras para todo o grupo de tarefa. Regras para grupo de tarefa determinam como o Canvas irá gerenciar as exceções que você quiser criar para cálculos de notas. Grupos de tarefas podem ser ponderados ou não-ponderados.

    Quando se usa uma regra de pontuação mais alta e mais baixa, um grupo de tarefas deve ter pelo menos uma nota, mais o número de pontuação descartada e o número de tarefas que não devem ser descartadas. Por exemplo, se você tem uma regra para descartar três notas e uma Tarefa "Nunca Descarte", você precisaria de cinco notas de estudante no grupo de tarefa para ter todas as três menores ou maiores notas descartadas.

    O Canvas considera como a regra afeta mais negativamente e mais positivamente a pontuação total do estudante. Uma regra para abaixar a nota mais baixa removerá a nota da tarefa do cálculo de percentual do grupo de alunos que resultará na melhor pontuação possível para esse grupo. Uma regra para abaixar a maior pontuação irá remover a nota da tarefa do cálculo de percentual do grupo de alunos, que resultará na menor pontuação possível para esse grupo.

    Em alguns casos, valores de pontuação podem ser considerado mais importante do que a porcentagem de pontuação ao determinar qual tarefa desconsiderar. Por exemplo, um instrutor pode definir uma regra para desconsiderar a nota mais baixa em um grupo de tarefa, onde um estudante ganha 100% em uma tarefa de 50 pontos, 65% em uma tarefa de 100 pontos e 50% em uma tarefa de 24 pontos. A pontuação de 50% é a percentagem mais baixa, mas a pontuação de 65% vai ser desconsiderada à medida que esta tarefa fornece ao aluno uma melhor nota total para o grupo de tarefa do que desconsiderar a pontuação de 50%.

    Múltiplos Períodos de Classificação

    Se você estiver usando Múltiplos Períodos de Classificação, você não pode mudar regras de grupo de tarefa uma vez que um grupo de tarefa tenha tarefas em um período de classificação fechado.

    Além disso, se um grupo de tarefa contém tarefas que se enquadram em múltiplos períodos de classificação, as notas podem ter consequências não intencionais ao calcular as regras do grupo de tarefa.

  • Análises de estudante mostram quão bem um aluno específico está indo em seu curso. Você também pode visualizar análises de estudante depois que o seu curso acabou. Você também pode visualizar a Análise dos estudantes após o término do curso.

    Sua instituição pode permitir que os alunos vejam suas próprias análises de curso, que ajuda a mostrar-lhes informações precisas sobre sua atividade de curso e interações. Se a permissão estiver habilitada, a sua visão das análises e a visão do aluno serão as mesmas.

    Notas:

    • Visualizar análises é uma permissão de curso. Se você não pode ver as análises, sua instituição restringiu esse recurso.
    • Atualmente, análises não medem a atividade em dispositivos móveis.
    • Análises também pode ser acessado através da página Pessoas e visualizando a página de detalhes de usuário de um aluno.
  • Se você ainda não possui uma conta no Canvas, você precisa criar uma conta antes de realizar o acesso ao Canvas.

    Se está usando o Canvas através de sua instituição, você provavelmente já possui uma conta e precisa aceitar o convite do curso. Sua instituição irá enviar um e-mail com suas credenciais de acesso. Se ainda não possui uma conta, você pode criar uma quando aceitar o convite para o curso. Se sua instituição está usando o Canvas e você está tendo problemas com sua conta, contate seu administrador para assistência.

    Se sua instituição não está usando o Canvas, você pode criar uma conta própria, também conhecida como conta gratuita para professor, para criar seus próprios cursos.

    Nota: Contas gratuitas para professor são sempre gratuitas. No entanto, elas não contêm todas as funcionalidades disponíveis para os usuários institucionais do Canvas. Saiba mais no PDF de Comparação de Contas do Canvas.

  • O Canvas permite que você manualmente crie usuários, contas, períodos, cursos, seções e matrículas em massa através da interface de Administração.

    Este documento refere-se à página API do Formato CSV de Importação do SIS, onde a maioria das informações sobre CSV estão localizadas. Cada arquivo CSV é simbiótico com outro e informam ao Canvas como administrar todas as informações para a conta. Veja um diagrama da relação do SIS.

    Cada etapa nesta lição oferece arquivos CSV de amostra com descrições de cada campo obrigatório e opcional. Você também vai encontrar um link para baixar cada arquivo em que queira dar uma olhada mais aprofundada na formatação. Baixe um pacote em zip com todos os arquivos de amostra.

    Você deve praticar a importação de dados em seu ambiente teste do Canvas antes de importar qualquer conteúdo para seu ambiente de produção.

    Formato de Arquivo CSV

    Para fazer o envio em massa de dados para o Canvas, você deve criar um ou mais arquivos de texto CSV. Arquivos CSV podem ser gerados por diversos programas. Sistemas de Informação Estudantil (Student Information Systems SIS) frequentemente possuem um método para gerar relatórios em formato CSV que podem ser modificados para se adequar ao formato requerido pelo Canvas. Se você não sabe como salvar um arquivo em formato CSV, consulte a documentação para o programa que estiver utilizando ao criar seu arquivo CSV (por ex., Excel).

    Ao usar o formato Instructure para importar arquivos na página de Importação do SIS, você pode importar um arquivo de texto CSV individual ou você pode comprimir vários arquivos em um único arquivo ZIP para a importação de dados em massa. Se você estiver enviando arquivos individuais manualmente, os arquivos devem ser enviados na ordem mostrada nesta lição.

    Formatação do Campo CSV

    A primeira fileira de seu arquivo CSV (cabeçalho) deve incluir o nome do campo completo para cada arquivo. A ordem das colunas não importa, mas organizar as fileiras adequadamente é essencial para arquivos como accounts.csv. Quando quaisquer desses dados forem modificados na Interface do Usuário (UI), o Canvas irá definir novos valores como "fixos" (sticky). Quando um novo envio básico for realizado, os dados existentes no Canvas irão permanecer "fixos" e quaisquer dados importados que tentarem atualizá-los serão ignorados. Saiba mais sobre campos fixos.

    Uma importação só pode substituir alterações na UI se as opções adequadas forem selecionadas ao usar a ferramenta de importação do SIS.

    Documentação da API

    Os arquivos CSV só incluem um conjunto específico de campos. O Canvas contém valores adicionais disponíveis por cada API individual. Após executar os arquivos CSV para sua instituição, a prática padrão para a maioria das instituição é enviar todos os arquivos CSV do SIS e, em seguida, usar a API do Canvas para atualizar todos os atributos do curso e da conta. Para mais informações, visualize Documentação da API do Canvas para Usuários, Contas, Períodos, Cursos, Turmas, Matrículas e Grupos.